Educação Financeira
A ARTE DE DOMINAR O DINHEIRO
                   

          

    

 

 

                                        

Guia Completo do Investidor Iniciante

Você quer Aprender tudo sobre investimentos?

Para isso, você não precisa de longos anos de investimentos.

Precisa apenas ler este artigo e entender os conceitos mais importantes como o que é renda fixa e variável, o que é título de dívida, oferta, demanda, risco e rentabilidade.

Essas são premissas simples, mas que abrem um novo mundo para o investidor, impedindo que ele cometa erros que o levem ao lado negro da força.

A primeira lição, "Padawan", é que não existem atalhos para a fortuna. Apenas a educação financeira e muita persistência podem transformar o seu dinheiro investido mensalmente em um grande patrimônio.

Se você quer ganhar dinheiro com aplicações, deve estar do lado certo da força, tornando-se um investidor consciente.

O Que é Investimento - Verdade Revelada

Investidor iniciante, entenda primeiro o que não é investimento.

Para contar a você a verdade que todos escondem, você precisa tomar uma decisão.

Tome a pílula vermelha e tudo o que você conhece sobre o mundo vai mudar. Ou tome a pílula azul e continue sendo um pequeno fantoche no mundo financeiro.

A decisão é sua e e ela é irreversível. O que vai ser? Azul ou vermelho?

Se você ainda está aqui, acredito que fez a melhor escolha. Então, aqui vai a verdade:

Carro não é investimento. Casa não é investimento. Consórcio não é investimento. Loteria não é investimento (sim, já vimos até isso). Celular não é investimento. Título de capitalização não é investimento. CDBs do seu banco não são investimentos.

E o grande chefão: poupança NÃO é investimento!

Você perde dinheiro com todas essas coisas ou deixa de ganhar. Entenda que tudo que gera custos como IPVA, IPTU, juros do banco e, geralmente, tudo que o banco oferecer tem a tendência de ser pouco lucrativo.

O seu gerente não está pensando em você e no rendimento real dos seus investimentos. Ele precisa do seu dinheiro para bater metas e engrossar o seu salário de gerente.

Eu sei que pode ser difícil ouvir isso, mas a verdade é que quase tudo o que os grandes bancos têm é feito para tirar o seu dinheiro. Essa é uma lei no mercado: enquanto uns ganham, outros perdem.

O mundo é muito diferente do que você imagina, investidor iniciante. No Brasil, pouquíssimas pessoas sabem de fato o que estão fazendo com o seu dinheiro.

Mas então: o que é investimento?

O conceito de investimento é simples. Toda aplicação financeira que tem a tendência de trazer lucro depois de um período de tempo é investimento.

Em todo investimento, existem certas características que determinam o seu comportamento. Fique atento:

Liquidez: diz respeito a quanto leva para o seu investimento se transformar em dinheiro na conta. Pode ser D+0 (24 horas) ou apenas no vencimento.

Aplicação inicial: quantidade mínima para poder comprar o ativo financeiro.

Prazo de vencimento: é a data determinada para o seu investimento se tornar dinheiro na conta.

Juros: é como e quanto o seu dinheiro renderá.

Risco: tudo que coloca em perigo a sua rentabilidade e capital investido. Risco é uma coisa boa. Sem ele, não existiriam investimentos lucrativos.

Existem outros conceitos básicos que você precisa dominar. Por exemplo, como funciona um investimento?

É como um empréstimo. Alguém tem dinheiro sobrando e alguém precisa captar esse dinheiro para realizar projetos. Como não existe caridade no mercado financeiro, quem pega emprestado precisa pagar uma taxa para atrair investidores.

Quem pega emprestado, normalmente é chamado de emissor da dívida e quem empresta é conhecido como investidor.

Se você já pegou dinheiro emprestado com o banco e teve que pagar altas taxas, você já esteve do lado errado dos investimentos. A partir de hoje, se você fizer um bom planejamento financeiro, você que começará a emprestar dinheiro para os bancos.

Parece que o jogo virou, não é mesmo? Se isso não é ser rico, meu amigo, eu não sei mais o que é.

Ser rico não é ganhar R$ 10.000 e gastar R$ 11.000 todo mês. Ser rico é ganhar exatamente quanto você ganha, economizar e investir dinheiro mensalmente. Metade das famílias brasileiras estão endividadas. Dominar as suas finanças e fazer sobrar mês no salário é um ótimo indício que você fará parte do pequeno grupo de pessoas que serão ricas muito em breve.

O que é renda fixa - o primeiro passo

O primeiro universo é o da renda fixa. Esse é o que você deve investir se está saindo da poupança ou se está construindo sua reserva de emergência.

Não sabe o que é reserva de emergência? É o seu plano B para qualquer problema financeiro que aconteça na sua vida pessoal ou profissional. O investimento que constitui a reserva de emergência precisa ter uma característica prioritária.

Ela é a liquidez imediata. Afinal, você não quer esperar uma semana quando precisar de dinheiro para alguma emergência, não é mesmo? É recomendado que a reserva de emergência seja equivalente a pelo menos 6 vezes o seu custo mensal de vida.

Veja as principais características dos investimentos de renda fixa:

Segurança

Conservadorismo

CDI como referência

Versátil (possui muitos tipos de investimentos)

Simples

A maioria dos investimentos de renda fixa são garantidos pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito). Você pode ter até R$ 250.000 de volta em caso de calote do emissor do investimento.

Então, evite aplicar mais do que isso com seu CPF em um único banco ou instituição.

Veja algumas opções de investimentos da renda fixa:

Tesouro Direto (emitido pelo Tesouro Nacional)*

CDB (Certificado de Depósito Bancário)

LCI e LCA (Letras de Crédito isentas de Imposto de Renda)

LC (Letra de Câmbio)

CRA (Certificado de Recebíveis do Agronegócio)*

Debêntures (títulos de crédito privados emitidos por empresas)*

Fundos de renda fixa (agregam aplicações de milhares de investidores e administram o dinheiro, escolhendo o melhor investimento segundo uma estratégia predefinida)*

Todos investimentos com (*) não possui garantia do FGC. Isso não significa que são perigosos. Todas as aplicações disponíveis são cuidadosamente selecionadas pelas Corretoras.

Os investimentos de renda fixa oscilam menos que os de renda variável. Dessa forma, se você está iniciando nessa vida de investidor, investimentos de renda fixa são uma boa escolha. Eles são mais previsíveis.

Por isso, a renda fixa deve ser a sua escolha para dar os primeiros passos.

No mundo dos investimentos, quanto menos risco houver em uma aplicação, menor será o retorno. Se você garantiu um patrimônio com boa rentabilidade previsível em renda fixa, está na hora de começar a ousar.

Conclusão

Como falamos, existem muitos tipos de investimentos. E conhecimento é o seu melhor amigo para fazer uma escolha que seja coerente com o seu perfil de investidor.

Gostaria de poder se aposentar mais cedo e com muita tranquilidade? Realizar os seus sonhos? Trocar de carro ou casa? Pagar uma boa faculdade para os filhos?

Tudo isso é possível se você se organizar e fazer acontecer. Quem consegue ser eficiente com pouco dinheiro, com certeza está destinado a acumular um bom capital.

Como diz o ditado: de grão em grão, a galinha sai da poupança e começa a investir de verdade!

Investidor iniciante, começe a investir em Renda fixa. Depois aos poucos vai se aprimorando em renda variável.

Fonte: Rico


Voltar Página Principal | Voltar Para o Topo

[ APRENDA MAIS! ]

Guia Completo do Investidor Iniciante

Como Ficar Rico Investindo Dinheiro

Dízimo Pessoal - Rumo a Sua Liberdade Financeira

O Guia Prático Para um Planejamento Financeiro Pessoal Poderoso

A Solução Definitiva Para Sair das Dívidas Rápido

Investimentos de Curto Prazo: Os melhores para 3 e 6 meses Disponível em 21/11/2017.

O que é taxa Selic e como afeta investimentos
Disponível em 22/11/2017.

IPCA: O que é inflação e como afeta investimentos
Disponível em 23/11/2017.

O Que é IGPM e Como Ele Afeta Seus Investimentos?
Disponível em 25/11/2017.

O Que é Copom: Como Ele Impacta Suas Aplicações
Disponível em 27/11/2017.

O Que é CDB e Como Investir: Saiba Tudo Agora
Disponível em 28/11/2017.

Aprenda como a educação financeira é importante de ser ensinada para as crianças. Disponível em 30/11/2017.

.....p........p..